IMUNIDADE ESPIRITUAL ADVINDA DA GRAÇA

Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. (Romanos 8:1)

O Mundo está passando por uma das mais graves crises sanitárias já vistas desde o advento da gripe espanhola ocorrida em 1918, durante a Primeira Guerra Mundial. Refiro-me à Pandemia ocasionada pelo novo coronavírus, SARS-CoV 2, gerador da doença batizada pelos cientistas de Coronavirus disease 2019, ou Covid 19.

Embora não se saiba ao certo todo o comportamento desse vírus no organismo humano, o que se pode concluir até aqui é que ele tem um potencial enorme de infectar as pessoas e se espalhar rapidamente por todo o planeta. Em menos de três meses após o primeiro registro em Wuhan, na China, o patógeno já estava presente em todos os continentes da Terra.

Uma outra grande dificuldade encontrada pelos cientistas e médicos é que o vírus não tem um padrão de comportamento no corpo humano. Para alguns, ele promove uma grave síndrome respiratória que pode complicar o quadro clínico do doente, inclusive com risco de morte. Para outros, porém, os sintomas são bem leves, ou, na sua maioria, considerados assintomáticos pelos especialistas.   

Apesar de não se conhecer perfeitamente como combater a doença, o que já se pode concluir é que pessoas com sistemas imunológicos debilitados são as que mais sofrem no enfrentamento da doença. O corpo muitas vezes não consegue neutralizar o vírus, mesmo com todo suporte médico. Assim, ter um sistema imunológico forte é o melhor remédio para o enfrentamento da doença, já que, no presente momento, não há fármacos capazes de aniquilar a doença e nem vacina para inibir o seu avanço.

Na dimensão espiritual, o “vírus” nefasto que contaminou toda humanidade foi o pecado. A Bíblia nos diz que todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus (Romanos 3:23). Mas grave do que o novo coronavírus, o pecado infectou toda a raça humana desde os nossos primeiros pais, de modo que todos fomos concebidos em pecado desde o ventre materno (Salmos 51:5). O pecado “adoeceu” a raça humana vindo a matar o espírito dado por Deus (Efésios 2:1). Assim como o vírus controla a célula infectada, o pecado também toma conta da volição humana que o impede de buscar a Deus (Romanos 3:11).

Somente a “imunidade” promovida pelo precioso sangue de Cristo é capaz neutralizar as mazelas promovidas pelo pecado. Por meio de Cristo, o vírus do pecado que outrora te controlava não tem agora mais poder sobre sua vida, pois, por meio da regeneração, o Espírito Santo passou a habitar em você (1 Coríntios 3:16). Assim, conforme diz o apostolo Paulo, há uma lei espiritual controlando todo nosso ser, e esta lei nos livra da lei do pecado e da morte: “a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte”. Antes havia uma lei espiritual que controlava a vida do homem caído, mas este, ao receber Cristo na sua vida, se tornou “imune”  às obras da carne e do pecado, porque recebemos o Espírito de adoção de filhos, por meio do qual clamamos “Aba,  Pai” (Romanos 8:15).

A Bíblia diz que agora estamos imunes às obras das trevas e da carne por meio da maravilhosa graça de Deus. Paulo foi bem claro quando disse que agora “nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus” (Romanos 8:1). O vírus do pecado que gerou a morte espiritual não tem mais poder sobre os filhos de Deus. Ele pode até tentar reinfectar o crente, mas, de imediato, o antídoto contra o pecado entra em ação na “corrente sanguínea” espiritual dos eleitos, pois o Cristo de Deus foi feito propiciação pelos nossos pecados (1 Jo 2:1,2).

Se você ainda não encontrou esse antídoto, saiba que o sangue de Cristo é o único “remédio” capaz e suficiente para te tirar dessa situação. Ainda que o seu corpo físico venha desfalecer, saiba que a morte não o deterá para sempre no túmulo, pois Cristo, as primícias dos que dormem, ressuscitou dentre os mortos e provou que a morte foi vencida por Ele (1 Coríntios 15:55). Somente os imunes pelo sangue de Jesus irão vencer e permanecer com o Senhor eternamente (Apocalipse 12:11).

E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite. E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte. Apocalipse 12:10,11

O apóstolo Paulo tinha plena certeza do poder da expiação realizada por Cristo no Calvário que nos tornou imunes às agruras desta vida. Ele sabia que a obra de Cristo foi perfeita. Por isso ele estava certo de que “nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor” (Romanos 8:38,39). Se você ainda não recebeu essa vacina celestial, hoje é o dia propício para entregar o seu coração ao Senhor Jesus.

Referências:

Todas as referências bíblicas citadas aqui foram retiradas da Bíblia versão Almeida Corrigida e Revisada Fiel ao Texto Original (ACF) disponível no site https://www.bibliaonline.com.br/acf.

Me. Francirley Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *