Apocalipse moderno: 5G controlará nossas vidas?

Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.

1 Coríntios 2:16

No último texto comentei com você sobre o espectro eletromagnético: radiação que faz parte de nossas vidas e do universo. Há diversas aplicações, que vão desde a observação de quando o universo tinha apenas 380 mil anos de idade até o aquecimento de alimentos em eletrodomésticos, passando por uso médico e, claro, a tecnologia telefônica e internet. Na coluna de hoje quero focar em um ponto específico do uso do espectro eletromagnético: tecnologia 5G.

Apenas uma imagem para relembrar o espectro eletromagnético:

Espectro eletromagnético e alguns exemplos
Fonte: https://science.nasa.gov/ems/01_intro

Relembrando um detalhe sobre átomos: eles são compostos por prótons e nêutrons (que ficam no núcleo) e elétrons (que fica ao redor do núcleo). Radiação são fótons que possuem energia e frequência em diversas faixas. Quando a radiação (fótons) atinge um átomo, dependendo da energia / frequência, ela pode arrancar elétrons e desequilibrar a carga elétrica do átomo, deixando-o positivo. Este fenômeno de arrancar / doar elétrons aos átomos, deixando-os positivos / negativos é chamado de ionização. Este simples fenômeno pode ter consequências trágicas a compostos orgânicos: DNA e células são formados por átomos e, a depender da energia / frequência dos fótons da radiação, pode desequilibrar toda o metabolismo e causar diversos males.

Observe a próxima imagem e compare com a anterior:

Espectro eletromagnético com divisão entre radiações ionizante e não ionizante
Fonte: https://www.nasa.gov/sites/default/files/atoms/files/sf_radiation_stu_bob.pdf

Veja que não é qualquer radiação (frequência / comprimento de onda dos fótons) que é ionizante. Há uma faixa ou uma divisão, do ultravioleta indo para a direita (indo em direção aos raios gama), que é altamente prejudicial. Um destaque: dependendo do tempo de exposição da radiação, há efeitos biológicos que podem ser provocados; lembre-se que aquecemos alimentos na radiação de micro-ondas que não é ionizante.

Falando especificamente sobre a frequência de telecomunicações: a faixa de funcionamento está na parte não ionizante:

Aparelhos de comunicação funcionam na faixa de frequência de MHz (106 Hz) e GHz (109 Hz) / comprimento de onda ao redor de 0,1 m (10-1 m).
Fonte: arquivo EMS book de https://science.nasa.gov/ems/01_intro

Obviamente, estou focando apenas e exclusivamente, na faixa de comunicação; há outros perigos que não estou focando, como tempo de exposição, morar perto de antenas etc.

O 5G é uma faixa de frequências de comunicação que está nas bandas entre 600 e 700 MHz / 3 e 4 GHz, 26 e 28 GHz / 38 e 42 GHz. Há diversos outros detalhes que você pode acompanhar nesta monografia de 2014 e neste TCC de 2016.

Se você for para as redes sociais, como Twitter e YouTube, e procurar sobre tecnologia 5G, no meio da pesquisa pode aparecer vários conteúdos dizendo que é prejudicial, que é uma forma de controle mental e outras bobagens. Digo nestes termos porque estes conteúdos são prejudiciais ao seu raciocínio e pode trazer pânico ou preocupações completamente desnecessárias. Como exposto acima, a tecnologia 5G não traz, a princípio, danos biológicos pois não é uma radiação ionizante. E, claro, não há nenhum sentido lógico dizer que ela é um plano mundial de algumas pessoas para controlar nossas mentes ou nossos corpos; isto não existe.

Contudo, há diversas outras questões com relação a tecnologia 5G no âmbito político e econômico, envolvendo empresas específicas originárias de países com forte controle governamental (ditaduras). Mas, neste ponto específico, o problema é outro e não é físico ou de “controle mental ou militar”.

Em resumo, a radiação utilizada por telecomunicações é não ionizante e, com isso, a depender do tempo de exposição, não modifica DNA e não interfere nos seus pensamentos. Há questões de ordem econômica, política e ideológica, mas nenhuma de ordem física ou biológica no sentido de controle corporal. Então, o fim do mundo não será por controle mental utilizando celular ou internet.

E onde entra a teologia em tudo isso? Eu poderia citar a Bíblia inteira como exemplo explícito e até implícito do controle de Deus na história, em diversos povos e em Israel. Mas, usando um único verso em Isaías na parte onde há peso (oráculo ou profecia) relacionado a Babilônia que, naquela época estava despontando com um dos grandes impérios mundiais:

O Senhor dos Exércitos jurou, dizendo: Como pensei, assim sucederá, e como determinei, assim se efetuará.

Isaías 14:24

Só isso?! Sim! Mas, ficou em dúvida, quer perguntar algo, deixar algum comentário ou sugerir algum tema, deixe abaixo! Ficarei feliz em te responder, seja nos comentários ou em algum artigo específico.

Sugestão de leitura

Dr. Alexandre Fernandes

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *